Foto: Logística: quais as maiores dores no ecommerce
Voltar

Logística: quais as maiores dores no ecommerce

Quando falamos em construir um e-commerce, queremos dizer: planejar e construir o negócio com antecedência.

Desde entender seu produto e sua persona, até conseguir converter clientes e fechar vendas.

Pode haver algumas falhas ao longo do caminho, que chamamos de dor logística.

Esses são erros comuns que muitas vezes são copiados por iniciantes no mercado que desconhecem os obstáculos que estão criando para seus negócios.

 

Quais as dores logísticas que podem ocorrer no ecommerce?

 

O ecommerce tem suas peculiaridades, desde a necessidade de focar na estrutura online e as diferenças em seus processos, até saber usar as ferramentas que contribuem com o crescimento.

As pesquisas por compras online aumentaram em 2020 devido à pandemia e ao fechamento de negócios físicos.

Mesmo quem não confia nos marketplaces está começando a buscar essa opção para comprar produtos e serviços.

Com esse aumento, toda a logística, desde a captação e atendimento ao cliente até a entrega e distribuição dos produtos, passou por ajustes e mostrou a necessidade de novos investimentos e mais foco.

Tudo isso levanta uma preocupação comum: como faço a logística do meu e-commerce?

Por isso, hoje vamos mostrar um pouco da logística do ecommerce para que você, empreendedor possa entender e melhorar suas operações, evitando erros no caminho.

Entenda que aderir a procedimentos manuais e nenhum investimento em tecnologia pode criar problemas logísticos para o seu negócio.

Veja a seguir, as principais dores logísticas que são comuns ocorrer na operação de um ecommerce:

 

Separação manual de produtos

 

Por não haver um ponto fixo onde os clientes podem ir retirar os produtos, quem tem uma loja online precisa investir em meios de entrega.

Dessa forma, acaba realizando a separação dos produtos de forma manual. E é aqui que os problemas começam a surgir.

Realizar esse fluxo de forma manual, conta com uma possibilidade grande de erros, sem contar que o processo se torna exaustivo e repetitivo para uma pessoa em um dia inteiro de trabalho.

Para evitar essa dor, é importante entender que a internet proporciona diversas ferramentas que promovem a automação de processos.

 

Furos de estoque

 

Um outro erro comum é a falha de comunicação das informações de estoque, não observar as falhas de estoque e não conseguir manter um controle.

Dessa forma, acaba informando que existe estoque, mas na hora da separação, percebe que vendeu um produto que não possui mais.

Para resolver essa dor, é preciso aderir às vantagens proporcionadas pela tecnologia, ou seja, investir em sistemas de gestão de controle de estoque.

Estes sistemas fazem automaticamente a contagem dos produtos, sinalizam o momento para novas compras e mantém contato direto com os fornecedores.

 

Muitas contratações sem necessidade

 

Se você tem uma estratégia e não percebe que ela acaba causando problemas logísticos no seu negócio, contratar mais funcionários para acompanhar a demanda não é uma solução.

Ter uma equipe focada em uma gama diversificada de conhecimentos é essencial para que uma empresa continue operando e gerando resultados e lucros.

Para evitar essa dor logística, entenda que sua empresa está na internet e não somente a plataforma deve ser digital, mas os processos de gerenciamento também devem ser digitais.

 

Não investir em SLA

 

Do inglês Service Level Agreement, traduzindo, Acordo de Nível de Serviço, o SLA são normas debatidas para oferta, apresentação, suporte e tudo o que mais envolver a prestação de serviços. 

Quando se trata de fazer parcerias, a exemplo de empresas estarem ativas em marketplaces, regras devem ser acordadas e cumpridas para que haja vantagens e lucro para ambos os lados, evitando quebra contratual.

Afinal, se não está tendo retorno e entrada de clientes, é melhor disponibilizar espaço para empresas que atinjam esse nível de conversão.

 

Perda de oportunidades

 

Por fim, as dificuldades logísticas surgem constantemente quando não há estratégia na aplicação de preços aos produtos.

Em suma, à medida que um produto se torna mais escasso e difícil de encontrar, seu preço sobe para aproveitar os lucros ali produzidos.

Entender que é muito mais fácil explorar oferta e demanda na internet, evita as frustrações logísticas de abusar do marketing e divulgação digital, investir em publicidade e até promoção, perdendo oportunidades de atrair clientes e aumentar os lucros.

 

Agora que você entende alguns dos problemas logísticos que podem existir no comércio eletrônico, é importante investir na eliminação de erros operacionais, acelerar a engenhosidade do comércio eletrônico e obter maior apelo ao cliente e gerenciamento interno.

Conheça o Enviando, uma de nossas ferramentas que pode resolver a maioria das suas dores logísticas!

Começa com a simplicidade de uma escolha. A força de uma decisão.

Você também vai gostar desses conteúdos

A Realidade do Ecommerce: Gurus de ecommerce

Mansões, carros, jantares caros todos os dias e liberdade geográfica...Isso…

Ver mais

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Open chat