Foto: Nova regra de frete grátis Magalu
Voltar

Nova regra de frete grátis Magalu

Recentemente, a Magalu anunciou a nova regra de frete grátis que passará a valer a partir de 1 de setembro deste ano.

A disputa pelo frete barato e rápido ganha ainda mais força, onde os grandes marketplaces estão intensificando cada vez mais as ações.

Com essas mudanças, a Magalu se posiciona ainda mais competitiva, trazendo mais vantagens para o comprador, porém, com algumas exigências para o vendedor.

A mudança na regra de frete grátis magalu

Na regra vigente, vendas com frete grátis são as vendas realizadas no super app e exclusiva para produtos com preço acima de 99 reais com custo do frete limitado a 50 reais, porém esse frete grátis não é válido para todas as regiões, pois deixa a região norte de fora da política atual.

A nova regra é mais inclusiva, pois abrange todo o país, desde que com custo abaixo de 70 reais. Além disso, a Magalu fica ainda mais competitiva no mercado, pois agora todo produto acima de 79 reais estará com frete grátis, assim se equiparando a Mercado Livre e B2W. Contudo, ainda permanece a exigência de que a compra seja realizada no aplicativo.

Como fica para o vendedor

Para entrar na disputa pelo frete, a Magalu trouxe essas mudanças, porém, as novas regras também exigem mais do lojista.

Como Gabriel Bollico vem dizendo a muito tempo, apenas os bons marketplaces e os bons vendedores permanecerão no jogo. Cada vez mais o mercado está amadurecendo e aumentando a competição, o que exige profissionalismo e os vendedores ruins sairão do mercado.


Com essa nova regra, o vendedor é exigido ainda mais no despacho do pedido, o que faz sentido quando olhamos para a disputa de entrega rápida, pois quanto antes é enviado, antes chegará para o comprador.

Mas isto é uma via de mão dupla, pois no momento que eles exigem uma agilidade, também oferecem benefícios para os vendedores e premiam aqueles que performam melhor, trazendo uma vantagem para aqueles que conseguem seguir as regras.

O incentivo e métricas

Os vendedores que despacharem abaixo de 87% dentro do prazo no SLA pagarão todo o custo do frete, ou seja, sem qualquer benefício. Já os vendedores que despacharem entre 87% a 97% terão um subsídio de 50% no custo do frete. 

Contudo, aqueles vendedores que estão preparados, que conseguem manter um SLA acima de 97%, terão um subsídio de 100% no custo do frete, se tornando uma grande vantagem sobre a concorrência.

A disputa segue

A disputa logística no ecommerce brasileiro está acirrada, os marketplaces estão na briga e com grandes investimentos. Com essa disputa, vendedores com toda certeza serão impactados e exigidos cada vez mais. Quem conseguir acompanhar e se adaptar permanecerá no mercado.

Começa com a simplicidade de uma escolha. A força de uma decisão.

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.