Foto: Vender mais no mercado livre: 3 dicas valiosas
Voltar

Vender mais no mercado livre: 3 dicas valiosas

Vender mais no Mercado Livre é a busca constante de todo empreendedor de ecommerce e para muitos até questão de sobrevivência. Porém aumentar as vendas sem um planejamento e sem estruturar processos para o médio e longo prazo, pode ser um tiro no pé e o que poderia ser uma solução para seu negócio, pode acabar se transformando em outro problema a ser gerido.

Nós do Ecommerce Puro, sabemos bem como é passar por um processo assim e pensando nisso, separamos um material que além de te ajudar a vender mais no Mercado Livre, também o ajudará a elaborar uma estrutura que irá suportar toda a nova demanda que irá surgir, elevando sua reputação e impulsionando ainda mais o seu negócio. Confira!

A importância do planejamento para vender mais no mercado livre

Não existe negócio próspero sem planejamento, essa é uma das condições básicas necessárias para que uma loja virtual tenha condições de projetar um crescimento saudável. E o segredo para que o empreendedor de ecommerce atinja esse nível ideal de crescimento é planejar desde o princípio.

Ser organizado na concepção do negócio, não irá somente te ajudar a evitar problemas, como também evitar uma das maiores dores do iniciante, o retrabalho. Muitos lojistas começam seus negócios visando muito as primeiras vendas e esquecem os processos. Depois que as primeiras vendas aparecem surge a dor dos processos, é nesse momento que o stress toma conta da situação.


Veja também: MELIXP22 do Mercado Livre, como participar?


Planejamento x Retrabalho 

O Retrabalho é um grande vilão em qualquer atividade e no Ecommerce não é diferente. Pense no trabalho que foi desenvolvido para adquirir um produto com o fornecedor, divulgar o produto, realizar a venda, esclarecer dúvidas, embalar o produto e fazer o envio. Porém, ao final de todo esse processo você descobre que o produto enviado estava incorreto e que parte desse processo deve ser refeito.

O custo final neste caso acaba sendo muito alto e a margem de lucro calculada não é suficiente para cobrir as despesas do retrabalho. Esse duro golpe que muitos lojistas sofrem é o suficiente para gerar muita dor de cabeça, sendo assim separamos 3 dicas valiosas para que esse tipo de experiência citada anteriormente, seja algo raro em seu ecommerce.

boas práticas nos processos logísticos

Operação logística da Proxys Group, Curitiba-PR.

Faça dos processos logísticos um Hábito

No ecommerce, depois da venda, restam apenas processos e a logística é um deles. No começo, nem todos os empreendedores conseguem investir em grandes estruturas e tecnologias de estoque e integração, leva tempo para que uma estrutura gigante de ecommerce seja criada.

Porém, organizar processos, otimizar espaços e pesquisar ferramentas e softwares que possam te ajudar a automatizar alguns procedimentos são totalmente válidos. Pense que, quanto mais informações você tiver do seu cliente e do produto que ele adquiriu, menor será a chance de extravios e falhas no processo. Mantendo suas entregas em um nível elevado, sua reputação no Mercado Livre não correrá riscos.

Inicie com CNPJ 

Apesar de não parecer, começar com CNPJ trás muitas vantagens para sua loja virtual. Muitos que iniciam no ecommerce tem muito receio de começar com CNPJ por conta dos tributos, mas as vantagens que o Mercado Livre oferece à quem inicia dessa maneira e as possibilidades de grandes negócios compensam no médio e longo prazo.

Para quem inicia com CNPJ, o Mercado Livre oferece a ativação do termômetro no verde claro, uma vantagem interessante perante os que iniciam com CPF que precisam realizar 10 vendas para ter essa ferramenta liberada.  Além disso, grandes fornecedores dão preferência para realizar negócios com CNPJ fortes e estruturados, quem vende somente com CPF nunca terá acesso a esse tipo de negociação.


Veja também: Novidades no Mercado Livre para seu ecommerce


Tenha uma contabilidade confiável

O tributário é a dor crônica de todo empreendedor brasileiro e alguns acabam ficando pelo caminho por negligenciar essa parte ou por começar tarde demais. Nossa recomendação é que, além de começar cedo, estudando todo o material que tiver acesso, você busque sempre cercar-se de profissionais capacitados e com muita expertise em ecommerce.

Caso o profissional contábil que você contratou não esteja entregando um bom atendimento, troque imediatamente. Existem casos em que o empreendedor consegue economizar uma quantia considerável apenas aplicando boas práticas em contabilidade, utilizando benefícios fiscais sempre que possível. 


Veja também: Tributos no Brasil e as dificuldades para o empreendedor


Conclusão

Iniciar um negócio de ecommerce não é fácil, requer muitas horas de dedicação e trabalho, mas é totalmente possível. Para se ter sucesso, é necessário muita energia e planejamento, diferente do que falsos gurus costumam ensinar por aí.

Nós iniciamos no ecommerce do zero absoluto e sabemos que a maioria dessas fábulas não passam de conversa fiada. Por isso faremos de tudo para trazer mais conteúdo ricos que ajudarão você a conduzir seu negócio no caminho correto para o sucesso.

Lembre-se, você é o grande piloto do seu ecommerce, conduza-o de acordo com sua velocidade e realidade, sem pular etapas e sem pegar atalhos duvidosos.


Inscreva-se em nosso canal no Youtube



Siga nosso especialista Gabriel Bollico no Instagram


Começa com a simplicidade de uma escolha. A força de uma decisão.

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Open chat